Buscar por:  

Assine o RSS Noticias

Voltar 16/07/2019 - Diário do Comércio

Belgo vai transferir linha de Osasco (SP) para planta em Itaúna

MARA BIANCHETTI 

Além dos investimentos de R$ 107 milhões na ampliação da capacidade produtiva de steel cord (cabos de aço para reforço de pneus de carros e caminhões) a fábrica de Itaúna (Centro-Oeste) da Belgo- -Mineira Bekaert Artefatos de Arame (BMB), empresa formada a partir de uma parceria entre a ArcelorMittal e a Bekaert, vai receber mais uma linha de produção nos próximos meses.

Pouco mais de um ano apósanunciar a ampliação da capacidade da planta, que acontecerá até 2021, aempresa confirmou a adição de uma linha de produção de arames bead wire (aramede aço revestido com camada em bronze, utilizado no reforço do talão de pneusradiais) na unidade. A linha será transferida da unidade de Osasco (SP) para acidade mineira ao longo do próximo um ano e meio.

Por meio de nota, a BMB afirmouque a transferência da linha demandará a aquisição de novos e mais modernosequipamentos para a fabricação do produto e que a reestruturação das unidadesindustriais visa otimizar a produção, gerando ganhos de escala e sinergiasoperacionais, além de garantir níveis elevados de competitividade para o melhoratendimento dos clientes.

Ainda conforme a empresa, a unidadede Osasco continuará operando normalmente com a fabricação de arames paraoutros segmentos.

Em vídeo divulgado nas redessociais, o prefeito de Itaúna, Neider Moreira (PSD), afirmou que transferênciada linha de produção permitirá a geração de mais 120 empregos diretos e umfaturamento adicional de R$ 200 milhões.

Neider visitou as obras deexpansão da unidade e comemorou a decisão da companhia. “Quero crer que Itaúnaestá no seu caminho, construindo um futuro melhor, a despeito de toda a criseque atravessamos. Vendendo a imagem da cidade lá fora conseguimos atrair novosinvestimentos”, disse.

Os investimentos anunciados noano passado permitirão um aumento da capacidade da planta industrial em 35% e ageração de 200 empregos, entre diretos e indiretos, na região.

O pacote também viabilizará atransformação da unidade em uma planta integrada. Atualmente, a unidade recebeos produtos intermédiários semiacabados (fio máquina e arames) da usina daArcelor de João Monlevade (região Central) e da unidade de Vespasiano, que sãotransformados em fios de aço em Itaúna. Os fios de aço dão origem aos cabos deaço para pneus de automóveis. Com a integração, todo o processo será feito naplanta de Itaúna.

Os aportes incluem, ainda, ainstalação de uma nova linha de latonagem (cobertura do arame com camada delatão), máquinas de trefilação e cablagem, assim como a respectivainfraestrutura.

Parceria - Em 2017, aArcelorMittal anunciou a parceria com a Bekaert, líder mundial em tecnologia natransformação e revestimento de arame de aço, resultando em duas empresas. NaBMB, a parceria abrange as plantas de produção de steel cord de Itaúna eVespasiano, no Estado, e Sumaré (SP). A Bekaert possui 44,5% e a Arcelor detém55,5% das ações.

A outra empresa é a Belgo BekaertArames (BBA), que inclui as unidades de produção de arame de aço em Contagem(RMBH), Sabará (RMBH), Osasco (SP), Hortolândia (SP) e Feira de Santana (BA). Adivisão acionária é de 55% para Arcelor e 45% para Bekaert.

Assine o RSS Mais Notícias

Anterior Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo
by vm2

ABIMAQ - Associação Brasileira da Indústria de Maquinas e Equipamentos.
2019 Todos os direitos reservados.

Av. Getulio Vargas - 446 Sala 701 - CEP: 30112-020 - Belo Horizonte - MG
Tel: (31) 3281-9518 - Fax: (31) 3284-8751
E-mail: srmg@abimaq.org.br